Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.
3 de dezembro de 2016
CARNAVAL – Qual a sua opção ?
20 de fevereiro de 2017
Exibir tudo

NATAL – Ele está no meio de nós

Lucas 2, 8-14

Amados irmãos! Celebramos no dia 25 de dezembro o Natal do Senhor. Alguns se contentarão com uma troca de presentes, uma refeição festiva e o olhar voltado para o Papai Noel, o “bom velhinho”. Para outros, ou seja, nós, o principal é a abertura de coração e de alma ao mistério do Natal: o nascimento de Nosso Salvador Jesus Cristo. Essa festa exerce um impacto na alma do homem. O mistério do nascimento de Jesus, feito homem, a sua encarnação, é o mistério da descida de Deus até o íntimo da natureza humana: “Deus desceu para se fazer homem e o homem subiu para se fazer Deus” (Santo Irineu de Lion). Isso chama-se intercâmbio, ou seja, uma troca ou relação entre Deus e o homem. Jesus se torna homem, assumindo nossa carne e nos regenerou como filhos de Deus.  O Natal revela ao extremo o amor de Deus para conosco.  São Leão Magno diz: “Reconhece, ó cristão, a tua dignidade”. Perguntamos: “Qual é a espiritualidade do Natal? ” Resposta: “É o acontecimento da salvação da humanidade, vinda por meio de um menino numa manjedoura”. Somos salvos pela fragilidade e pela inocência de um menino.  Somos envolvidos pela imagem adorável de um Deus Menino, cujo seu silêncio nos fala do amor infinito do Pai. José, Maria, pastores, reis magos, tudo se conjuga afim de que se possa entender o que a Gruta de Belém tem a nos falar. A experiência da celebração do Natal também está intimamente unida ao anseio humano de paz. Nasce para nós o Príncipe da Paz: “Glória a Deus no mais alto dos céus e paz na terra aos homens por ele amados”, (Lucas 2, 14) assim cantam o coro dos anjos. Essa paz, fruto da descoberta do amor de Deus por cada um de nós, é para ser anunciado e partilhado com os outros, para a construção da cultura da paz. O apóstolo São João diz: “Veio ao mundo, mas os seus não o acolheram” (João 1, 1-18). Que não se diga isto de nós. Procuremos abrir a porta do nosso coração a Cristo, nosso único Salvador, o único que dá ao homem o verdadeiro e pleno sentido da vida. Portanto, sejamos dóceis ao acontecimento sublime do Natal: O Nascimento do Senhor Jesus.

 

SANTO E ABENÇOADO NATAL A TODOS

Padre Lizandro Cardoso Goularte
Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Canoas-RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *